domingo, 11 de setembro de 2011

SPA, a síndrome do pensamento acelerado - por Augusto Cury

Este é um post que estou editando e publicando novamente, ele já tinha sido publicado no blog antigo. No final do ano passado eu li o livro de Augusto Cury, Treinando a Emoção para ser Feliz, e no livro ele menciona a SPA - Síndrome do Pensamento Acelerado. A SPA é algo tão atual e grave, a qual estamos expostos e provavelmente se não já a desenvolvemos somos candidatos fortes a desenvolvê-la, e digo nós me referindo a pessoas como eu e você que aqui está lendo, que gosta de ler, de se manter mega hiper informado (isso de me manter mega informada eu já abstrai), que consome muita informação diariamente, muitos estímulos... Enfim, vou transcrever a parte do livro onde Augusto Cury relata sobre a Síndrome do Pensamento Acelerado, e desde já recomendo a leitura do livro todo, muito interessante.

...

"Criamos sociedades complexas, construímos diálogos, produzimos ciência, porque somos uma espécie pensante. Ser uma espécie inteligente nos trouxe enormes vantagens, mas o exercício inadequado da atividade do pensamento trouxe enormes problemas, tais como guerras, discriminações, crimes, injustiças sociais. Não bastassem os problemas de fora, a atividade inadequada do pensamento trouxe transtornos internos. Um desses problemas é a síndrome SPA, a síndrome do pensamento acelerado. A síndrome SPA é uma síndrome que descobri ao longo de minhas pesquisas.

O pensamento tem de ter uma velocidade produtiva adequada para propiciar saúde emocional. Se essa velocidade está aumentada, ela pode causar uma série de sintomas, tais como irritabilidade, insatisfação existencial, dificuldade de concentração, déficit de memória, fadiga excessiva, sono alterado, dificuldade de extrair prazer nos estímulos da rotina diária, sentimento de vazio existencial.

A síndrome SPA provoca sintomas mesmo que os pensamentos não tenham conteúdo perturbador. Ela é epidêmica, atinge grande parte da população mundial. Ela é gerada pelo excesso de estímulos produzidos pela imprensa escrita, pela mídia, pela ciência, pela educação, pelo trânsito de informações e preocupações nas relações sociais.

Uma edição como a do Jornal New York Times contém mais informações do que uma pessoa comum poderia incorporar durante toda a sua existência no século XVII nos EUA. Trilhões de informações são produzidas anualmente. Precisaríamos de mil anos para receber o que se produz em um mês no mundo.

O excesso de estímulo gera uma hiperexcitação da leitura da memória que produz uma hiperaceleração dos pensamentos, que por sua vez gera uma hiperexcitação da energia emocional, fechando assim o ciclo da síndrome SPA. Esta síndrome é geradora da ansiedade. Algumas doenças podem produzi-la, mas, atualmente, ela tem sido produzida como uma doença isolada desencadeada pelo ritmo alucinante e estressante do mundo moderno.

A característica básica dessa síndrome é que as pessoas não desligam suas mentes, não desaceleram seus pensamentos. O humor fica flutuante e irritadiço. Freqüentemente sofrem por antecipação. Costumo dizer que fazem o velório sem ter o morto. Os problemas não aconteceram, mas elas já estão angustiadas por eles. Freqüentemente se cobram excessivamente.

Muitos escritores, jornalistas, profissionais liberais possuem a síndrome SPA. Raramente um executivo não a tem. Eles são ótimos funcionários, se doam mais para a empresa do que seus próprios proprietários, mas são péssimos para si mesmos. Não cuidam de sua qualidade de vida. Muitos têm humor flutuante. Num momento estão no Pólo Norte; noutro, no Saara. A tranqüilidade e a irritabilidade nunca estiveram tão próximas.

Outra característica básica da síndrome SPA é o cansaço físico exagerado e inexplicável. Por pensar demais, os portadores dessa síndrome roubam energia do córtex cerebral, que é a camada mais evoluída do cérebro, energia esta que deveria ser utilizada nos órgãos do corpo, como musculatura. Assim, sentem uma fadiga impressionante. Muitos procuram médicos para checar se têm alguma doença. Os médicos, desconhecendo essa síndrome, pedem uma série de exames desnecessários.

Os portadores da síndrome SPA lutam para conquistar algo, mas quando conseguem, logo perdem o prazer. Eles amam o desafio, mas não sabem desfrutar do pódio. Detestam a rotina, estão sempre em busca de novos estímulos para ter um pouco de satisfação. Contudo, não têm uma emoção contemplativa e estável, pois ela é continuamente torpedeada pela avalanche de pensamentos que eles produzem.

Embora tenha citado vários sintomas da síndrome SPA, gostaria de destacar quatro: pensamento acelerado, fadiga excessiva, flutuação do humor e dificuldade de contemplar o belo nos pequenos estímulos da rotina diária. Dois desses sintomas já caracterizam a síndrome. Se você tiver alguns, não se perturbe. Apenas considere que precisa mudar seu estilo de vida. Precisa treinar sua emoção para desacelerar seus pensamentos e se tornar uma pessoa estável, feliz e tranqüila."


Augusto Cury

...


É algo realmente muito sério e muito presente. E você, tem sentido alguns dos sintomas das SPA? Ou tem percebido isso atualmente em outras pessoas?

Os grifos em negrito e destacados fui eu que destaquei.

19 comentários:

Andreza Hana disse...

Oie Luciana, eu amo Augusto Cury, ele é mto sábio.

Acabei de conhecer teu blog através do blog da Wilqui e já estou seguindo :) te convido a dar uma passadinha lá no meu cantinho e se gostar segue de volta?

bjiimm e ótimo início de semana

http://meuamorpaquistanes.blogspot.com

http://graceolsson.com/blog disse...

Luciana, a tendencia mundial é o caminho da loucura para todos. Sem excecao.
As informacoes sao tantas que nao damos, realmente, conta do recado...E, ao final do dia, vamos dormir com a sensacao de que nao fizemos nada.
bjs e dias felizes

Wilqui Dias disse...

Deus eh mais..amiga!! e ele que me livre dessa sidrome ai..aff maria...embora eu tenha outras pelos sitomas essa ai acho que tenho nao...acho....achometro, vai que tenho neh? ufff...
Esse cara escreve muito massa eu truxe uns livros dele, que comprei no Br ainda, Jesus o maior psicologo que já existiu e o seja lider de si mesmo...livros muitos bons que mesmo pesando eu me recusei a deixar...Lu curto muito seu gosto pela leitura, um exemplo continuo e diario pra mim. bjs amiga!!

Renata disse...

Olá Luciana!Eu ja li um livro dele chamado nunca desista dos seus sonhos, que na época me ajudou bastante também, e hj em dia essa síndrome que vc citou foi na verdade criada pela própia sociedade.Hoje nós temos que saber tudo, conheçer varios países, falar 4 línguas,ter 2 faculdades e ainda por cima ser magra rsrs porque senão ficamos pra trás nesse mundo competitivo,isso é uma pena porque no meio de tantas informações o ser humano está esquecendo de procurar saber sobre si mesmo,sobre o seu coração!
Obrigada pelo carinho no seu comentário, em palavras vc traduziu exatamente como estou me sentindo!Abraços e linda semana

Luma Rosa disse...

No passado cheguei a este extremo e percebi que estava negligenciando horas de sono para colocar trabalho e informações em dia. Parei!! Se você dormir adequadamente, seu cérebro se encarrega de varrer todo o lixo para fora e porque pensar demais, se expor às informações e trabalhar demais, tudo isso não leva ao estresse. O que gera os estresse é o conflito entre o fazer e o nosso jeito de sentir o que acontece ao nosso redor. O SPA é o grande responsável pelo déficit de atenção e se quer produzir mais, durma mais, alimente-se saudavelmente e divirta-se. Beijus,

Milena F. disse...

Puxa, vi vários livros do Augusto Cury recentemente no Brasil e fiquei com vontade de comprar, só não comprei pq achei caro comparando com o preço dos livros na França! Mas antes nunca tinha ouvido falar nele!
Será que encontramos seus livros no exterior? aqui tentei colocar no google mas em francês não encontrei...
Bjs

anlene gomes disse...

Oi, incluí seu blog no Mundo Pequeno (índice de blogs de brasileiros que moram no exterior).
http://www.mundopequeno.com/
Também estamos no Facebook e no Twitter. Divulgamos diariamente um blog:
https://www.facebook.com/#!/mundopequeno
@mundo_pequeno
http://twitter.com/#!/mundo_pequeno
Se puder, ajude-nos a divulgar o Mundo Pequeno colocando um selo no teu blog!
Um abraço!

Anônimo disse...

oi boa noite. nossa realmente essa doença é muito seria. Eu acho que sofro dela por que me encacho com muito desses sintomas. Tenho que ficar esperta, não quero acabar com minha vida tão nova. pois, só tenho 24 anos. Valeu pela dica.

Edi Kalsing (Terapêuta Holística) disse...

Olá Luciana!! Muito boa tua abordagem sobre SPA. Escrevi em meu blog sobre pensamentos negativos e usei teu link para que complementassem a leitura em relação à (SPA). Um grande abraço e sucesso para você!!!

Elienne disse...

Oi Luciana,gosto muito muito do seu blog.Os temas abordados são muito interessantes.Eu sou fã de Augusto Cury,ele é um ótimo escritor.bjs e sucesso

Mauricio disse...

Adquiri SPA na empresa onde trabalho, uma empresade elecomunicações e na áre de TI que lá é muito dinamica, fortemente impulsionada por fatores competitivos e muitas vezes pela qualidade que os funcionarios que nela trabalham tem, já tive dias em que uma quase "sindrome do panico" me avassalou e nao consegui passar da portaria para dentro, meus estimulos cerebrais foram tao intensos durante a noite anterior, que eu consegui acordar 20x mais cansados e exausto do que em dias comuns. Muitas vezes tenho este estresse mental quando alguma mudança esta para acontecer e eu fico tentando dar um fim razoavel para um acontecimento futuro, sem antes ao menos saber se participarei dele ou não. E muito dificil e muito serio o SPA, para nao enlouquecer preciso mudar o foco diversas vezes no dia e me diciplinar emocionalmente por vezes com a ajuda de remedios.

Henrique Andrade disse...

Parabens pela sua postagem é sempre interessante postagens dessa categoria parabens.

Anônimo disse...

faltou colocar a solução para a spa, como vencela.

Luciana disse...

O texto eh de Augusto Cury, eu so divulguei um trecho do livro, pesquisar mais seria necessario, mas a solucão ta ai pra bom entendedor, se ta acelerado eh desacelerar, fazer o contrario do que tem feito e que tem gerado o pensamento acelerado. Um bom comeco eh se desligar das redes sociais, se for usuario, e da internet tambem, afinal eh onde a gente mais recebe informacões, centenas o tempo todo, e a grande maioria totalmente inutil pra nossa vida (profissional, pessoal, etc) e saude.

Ivanete Parrini disse...

Há quatro meses venho sofrendo com falta de ar, medo de perder entes queridos, exatamente como está escrito, estou fazendo velório com gente viva e que está super bem, só por medo de perdê-las, sofro por antecipação. Agora, vendo a TV Novo Tempo, da Igreja Adventista, vi a reportagem do Augusto Cury e pude constatar que estou com SPA. O interessante é que sou psicoterapeuta e já sabia que meus problemas eram emocionais, mas ainda não havia diagnosticado com precisão. Este artigo me ajudou bastante. Vou tentar me controlar para desacelerar, assim, terei qualidade de vida. Deixarei a vida seguir seu fluxo normal, sem querer mudar a trajetória real à qual terei que trilhar.

Ivanete Parrini parrini.ivaneti@hotmail.com disse...

Há quatro meses venho sofrendo com falta de ar, medo de perder entes queridos, exatamente como está escrito, estou fazendo velório com gente viva e que está super bem, só por medo de perdê-las, sofro por antecipação. Agora, vendo a TV Novo Tempo, da Igreja Adventista, vi a reportagem do Augusto Cury e pude constatar que estou com SPA. O interessante é que sou psicoterapeuta e já sabia que meus problemas eram emocionais, mas ainda não havia diagnosticado com precisão. Este artigo me ajudou bastante. Vou tentar me controlar para desacelerar, assim, terei qualidade de vida. Deixarei a vida seguir seu fluxo normal, sem querer mudar a trajetória real à qual terei que trilhar.

Roberto disse...

Estou lendo um outro livo do Dr. Cury, o codigo da inteligencia(recomendo a todos), que tambem fala sobre este tema,e me chamou a atencao pois, tenho todos estes sintomas desde crianca. Ja fui diagnosticado com deficit de atencao,transtorno afetivo bipolar e depressao. ja fiz tratamento para todos estes diagnosticos e nada resolveu. Mas creio que SPA define exatamente como estou.

... disse...


Olá!
Você sabe onde eu encontro esse livro em pdf, preciso ler pra pós! Abraços

www.larilopespedagoga.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Quão misterioso é o ser humano.. Apenas por uns minutos de leitura já percebi que me enquadro nesse grupo de pessoas que sofrem com a síndrome SPA! É realmente algo terrível e muito sério. Recentemente tenho me consultado com vários médicos, me receitaram umas medicações mas infelizmente não estão tendo resultados satisfatórios. Espero que esse livro possa me ajudar, pois uma vez li um da autoria de Augusto Cury "O Vendedor de Sonhos" e me senti muito bem, apesar de que na época não sofria de nenhuma síndrome. Não vejo a hora de ler esse! Quero fazer uma coleção de livros desse meu ídolo! Adorei esse blog, parabéns Luciana!